Feira de Munique

Sedeada em Fafe e com 22 trabalhadores, a Juvema decidiu investir, em junho passado, na sua primeira loja online para eliminar o desperdício. «Muitas vezes tenho que comprar mínimos de 18 quilogramas de uma malha para usar apenas um quilograma numa amostra. Então pensei que em vez de vender esse stock a preço baixo, poderia pegar nesse excedente, levar à tinturaria, dar-lhe novos acabamentos e fazer peças próprias para vendê-las ao cliente final», explica o administrador Augusto Sousa ao Portugal Têxtil.

As peças de vestuário têm a etiqueta da Juvema e podem ser adquiridas por valores relativamente acessiveis. «Não teremos grandes quantidades e dificilmente se encontrarão peças iguais. Serão quase exclusivas», sublinha.

Presente no mercado global desde a sua fundação, em 1987, a Juvema percebeu desde cedo a importância de participar em feiras internacionais e foi, paulatinamente, marcando presença em várias feiras internacionais , Estando presente na Première Vision ,Paris, na Munich FabricStart e na FrankfurtApparel sourcingin fashion, na Alemanha, com o objetivo de angariar novos cliente e dar a conhecer o seu produto.

Com uma taxa de exportação de cerca de 98%, a Juvema conta com uma lista de clientes de peso em diversos países como, Alemanha, Espanha, Suiça e França, etc.


Embora esteja vocacionada para todo o tipo de artigos de vestuário, o core business da empresa centra-se no fabrico de polos de alta qualidade, com misturas nobres como seda, caxemira ou linho. «Somos uma empresa vocacionada para trabalhar em escala pequena, e não para grandes grupos, com a possibilidade de execução desde 100 peças» realça o administrador da Juvema.

O ano de 2020 foi difícil face à situação pandémica mundial. «Tivemos muitas encomendas canceladas e tivemos que entrar em layoff Parcial », lamenta Augusto Sousa que viu a empresa registar uma quebra do volume de negócios na ordem dos 25%, . No entanto, o administrador prevê encerrar o corrente exercício com um aumento significativo, até «porque já não tinha ideia de tanto fluxo de trabalho pós-ferias».



RECEBA A NOSSA NEWSLETTER E FIQUE A,
CONHECER AS NOVIDADES.